Recomendações para manutenção do aleitamento materno na volta ao trabalho ou estudos:

7 de agosto de 2014 at 12:02 Deixe um comentário

Working mom holding baby while using laptop

A Organização Mundial da Saúde recomenda o aleitamento materno exclusivo (só leite da mãe) até o sexto mês de vida do bebê, e a amamentação acompanhada de outros alimentos até dois anos ou mais. No entanto, muitas mães precisam retornar ao trabalho ou aos estudos antes de o bebê completar os seis meses.

Algumas medidas podem ser tomadas para manutenção do aleitamento: levar o bebê para o trabalho, pedir ao cuidador do bebê para levá-lo ao trabalho da mãe, mas se essas medidas não forem possíveis, uma boa solução é a mãe continuar amamentando quando estiver em casa e ordenhar (retirar) o seu leite para ser ofertado ao bebê na sua ausência.

Ordenha materna

De acordo com o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria a ordenha deve seguir os seguintes passos para manutenção da qualidade nutricional e sanitária do leite:

Orientações às mães:

Preparação:
– Separe um recipiente de vidro com boca larga e tampa plástica (exemplo: de café solúvel). Ele deve estar lavado com água corrente e sabão neutro e esterilizado por fervura de 15 minutos;
– Tenha a mão pano úmido limpo e lenços de papel para limpeza;
– As unhas devem estar limpas e curtas. Os cabelos limpos, amarrados e/ou com touca;
– Lave cuidadosamente as mãos e os braços até o cotovelo com bastante água e sabão neutro;
– Não há necessidade de lavar os seios frequentemente;
– Use máscara ou evite falar, espirrar ou tossir enquanto estiver ordenhando o leite;
– Posicione-se em um local limpo e tranquilos, de maneira confortável e relaxada, sentada ou de pé.

Ordenha:
– Massageie delicadamente a sua mama como um todo com movimentos circulares da base da mama para a aréola. Esse procedimento deve ser feito preferencialmente pela nutriz que assim poderá localizar os pontos mais doloridos (Figura 1);
– Com os dedos da mão em forma de “C”, coloque o polegar na aréola ACIMA do mamilo e o dedo indicador ABAIXO do mamilo. Sustente o seio com seus outros dedos (Figura 2);
– Posicione o recipiente próximo ao seio e faça uma LEVE pressão para aproximar o polegar do indicador e uma PEQUENA pressão para trás, ou seja, em direção ao seu corpo (tórax). O leite deverá sair (Figura 3);
– Despreze os primeiros jatos;
– Pressione e solte, pressione e solte. Repita esta manobra quantas vezes forem necessárias;
– Isto não deve machucar, se doer a técnica está errada. A princípio o leite pode não vir, mas depois de pressionar algumas vezes, o leite começa a pingar. Poder fluir em jorros;
– Pressione a aréola dos lados (Figura 4) da mesma forma para assegurar que o leite está sendo extraído de todo o seio;
– Use a mão esquerda para a mama esquerda e a mão direita para a mama direita ou use as duas mãos simultaneamente (uma em cada mama ou as duas juntas na mesma mama);
– A ordenha adequada tem duração de 20 a 30 minutos em cada uma das mamas. É importante não tentar ordenhar em um tempo mais curto, especialmente nos primeiros dias quando apenas uma pequena quantidade de leite pode ser produzida;

ordenha

– Evite esfregar ou deslizar seus dedos sobre a pele. O movimento dos dedos deve ser mais rotatório;
– Evite comprimir o mamilo entre os dedos, dessa maneira não conseguirá extrair o leite. Acontece o mesmo quando o bebê suga apenas o mamilo.

Variações da técnica:
– Você pode assumir a posição levemente inclinada para frente, na tentativa de facilitar e aumentar o fluxo lácteo;
– Podem ser usadas ambas as mãos numa mesma mama para a extração do leite (Figura 5) e/ou podem ser ordenhados os dois seios simultaneamente em um único vasilhame de boca larga ou em 2 vasilhames separados, colocados um embaixo de cada mama (Figura 6). 

fig 5 e 6

Conservação, validade e preparo:
– O leite materno deverá ficar o menor tempo possível à temperatura ambiente;
– Identifique os frascos com o dia e a hora que foi feito a coleta;
– Guarde o frasco tampado na geladeira por 12 horas ou no congelador/freezer por 15 dias (Fonte: RDC 171/2006 – ANVISA), em posição vertical;
– Caso esse armazenamento não seja possível, ordenhe seu leite e jogue-o fora. Quanto maior o estímulo de produção mais leite você terá para dar ao seu bebê quando estiverem juntos;
– Para ser dado ao bebê, o leite deve ser descongelado na geladeira e aquecido no próprio frasco, em banho-maria fora do fogo;
– O leite materno não pode ser descongelado em micro-ondas e não deve ser fervido para preservar seus nutrientes;
– Antes de oferecer ao bebê, agite o leite levemente para homogeneizar e certifique-se que não está muito quente;
– O leite aquecido ou descongelado que não foi usado deve ser jogado fora;
– O leite retirado deve ser oferecido preferencialmente em copinho, xícara ou colher. O uso de mamadeira pode dificultar a continuidade da amamentação no peito porque o bebê pode estranhar o bico do peito da mãe.

Técnica do copinho:

copinho1. Posição confortável para a criança e para quem for oferecer o leite no copinho, na posição sentada ou semi sentada a cabeça elevada;
2. A criança deve estar calma;
3. Conter os braços da criança para evitar acidentes com o copo;
4. Posicionar a criança verticalmente ou quase verticalmente;
5. Colocar o copinho gentilmente no lábio inferior;
6. Inclinar o copo levemente para que a criança sinta o leite no lábio inferior;
7. Nunca despejar o leite dentro da boca do bebê;
8. A criança deve “lamber” o leite para depois deglutir;
9. Interagir com a criança durante a alimentação;
10. Oferecer o copinho até que a criança mostre sinais de estar saciada (ex.: mostra-se com sono ou para de se alimentar).

Dicas:
– A ordenha mamária pode ser feita também com auxílio de bombas manuais ou elétricas (seguir as orientações dos manuais). As condutas de higiene, armazenamento e oferta ao bebê devem ser seguidas igualmente;
– Uma ou duas semanas antes de voltar ao trabalho você já pode começar a tirar o seu leite e guardá-lo no freezer para fazer um estoque;
– Amamente antes de sair de casa para o trabalho, imediatamente após regressar e durante a noite;
– No trabalho, se possível, retire o leite, tantas vezes quanto seu bebê mamaria se estivesse com você;
– Nos dias de folga, ofereça o peito à vontade;
– Caso você decida doar o excesso do seu leite a um Banco de Leite Humano, congele-o imediatamente após a ordenha.

Fontes de apoio para texto:
– Álbum seriado. Promovendo o Aleitamento Materno 2ª ed, revisada. Brasília: 2007.
– Cartilha: Promoção da amamentação e alimentação complementar. Realização Senac São Paulo e o Santander Universidades. 2014.
– Site Sociedade Brasileira de Pediatria: Recomendações úteis para a manutenção do aleitamento materno em mães que trabalham fora do lar ou estudam.
– Site Sociedade Brasileira de Pediatria: Saiba como usar o copinho na alimentação de bebês em Aleitamento Materno.

Anúncios

Entry filed under: Amamentação, Nutrição Infantil, Nutrição Saudável.

Alimentação para mães durante a amamentação: A importância das frutas para as crianças (e adultos):

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Páginas

agosto 2014
D S T Q Q S S
« abr   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: