Archive for março, 2009

Recursos Ergogênicos Nutricionais

popeye2

Atualmente, muitas pessoas estão frequentando academias e centros de treinamento em busca do padrão físico considerado como adequado pela sociedade e de uma melhor qualidade de vida. Para alcançar seus objetivos, muitos praticantes de atividade física passam a utilizar os populares “suplementos alimentares” (nome técnico: Recursos Ergogênicos Nutricionais). Entretanto, se a alimentação não for equilibrada com o programa de exercícios, os resultados obtidos serão pouco expressivos.

Portanto, ao iniciar um esporte, o primeiro passo a ser dado é procurar um nutricionista para uma avaliação nutricional e um planejamento dietético individualizado. E, caso haja necessidade de auxílio dos Recursos Ergogêncos, esses deverão ser prescritos e orientados por este profissional capacitado.

Seguem algumas questões sobre o assunto:

Recursos Ergogênicos Nutricionais X Suplementos Alimentares – Qual a diferença?

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), em portaria de n. 33, publicada no Diário Oficial em 1998, suplementos são vitaminas e/ou minerais isolados ou combinados entre si, desde que não ultrapassem as 100% da Ingestão Diária Recomendada (RDI). Acima dessa dosagem são considerados medicamentos, podendo ser vendidos apenas com prescrição médica.

Os suplementos vitamínicos e/ou minerais são definidos como alimentos que servem para completar com esses nutrientes a dieta diária de uma pessoa, em casos em que a sua ingestão, a partir da alimentação, seja insuficiente ou quando a dieta requer suplementação, ex: doenças.

Já os alimentos para praticantes de atividade física, um subgrupo dos chamados alimentos para fins especiais, de acordo com a portaria de n. 22, publicada pela MS, em 1998, são definidos como alimentos especialmente formulados e elaborados para praticantes de atividade física. Também chamados de Recursos Ergogênicos.

Como ingeri-los?

Os recursos ergogênicos devem ser ingeridos conforme as instruções dos fabricantes e de um Nutricionista, alguns são dissolvidos no leite, outros na água, há ainda os que são em forma de cápsulas e compridos.

Para quem é indicado?

Os recursos ergogênicos são indicados para atletas, mas devem sempre estar associados a uma dieta adequada. Essas duas estratégias, quando unidas, levam a uma melhora do rendimento.

Quando é necessário utilizá-los?

Há dois importantes fatores para o sucesso atlético, a carga genética e o estado de treino. Em certos níveis de competição, os participantes em geral possuem habilidades atléticas similares, então necessitam de algum meio para melhorar o rendimento, passam a buscar ajuda na Nutrição.

Quais benefícios para a saúde?

O propósito da maioria dos ergogênicos é aumentar a performance pela intensificação da potência física, da força mental ou do limite mecânico e, dessa forma, prevenir ou retardar o início da fadiga. Portanto, o uso por atletas, desde que associados a uma alimentação adequada, auxiliam a atingir a performance esportiva ótima.

O uso excessivo pode trazer algum risco à saúde?

Sim, os recursos ergogênicos devem ser utilizados somente sob orientação de um Nutricionista, eles podem ser tóxicos ao organismo.

No Brasil há alguns recursos proibidos de comercialização pelo MS, como a Creatinina, por não haver estudos conclusivos sobre sua segurança e eficácia; o CLA (Ácido Linoleico Conjugado), por não haver estudos comprovando sua eficácia; o GF1 da Integral Médica, pois estava causando efeitos colaterais, como aumento da frequencia cardíaca, insônia e constipação.

Dica:

Procure um profissional capacitado antes de começar a utilizar esses recursos, o uso incorreto pode trazer prejuízos a sua saúde.

30 de março de 2009 at 21:27 2 comentários

Vitaminas

vitaminas3

O que são vitaminas?
Vitaminas são substâncias nutritivas presentes nos alimentos e são fundamentais para a manutenção das funções normais do organismo.

Quais são as suas funções?

  • Ajudam a prevenir doenças;
  • Regulam o metabolismo de carboidratos, proteínas, lipídios e enzimas;
  • Auxiliam na liberação de energia dos alimentos;
  • Combatem os radicais livres que causam oxidação e envelhecimento;
  • Fortalecem o sistema imunológico;
  • Auxiliam na produção de hormônios;
  • Atuam na manutenção da visão, pele e ossos.

Fontes: Frutas, vegetais, carnes, cereais, ovos, leite e derivados.

fonte vitaminas

 

22 de março de 2009 at 17:49 4 comentários

Recomendações Nutricionais para uma Alimentação Saudável

piramide2A ciência tem mostrado que uma alimentação equilibrada trás inúmeros benefícios para a saúde e para o bem-estar. Uma dieta saudável deve ser composta de proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, minerais e vitaminas. Para isso necessitamos de uma dieta variada, que tenha todos os tipos de alimentos, e de auxílio de um Nutricionista, profissional capacitado para prescrição de uma dieta que siga as quatro leis da Nutrição (qualidade, quantidade, harmonia, e adequação).

Seguem algumas dicas para uma alimentação saudável:

• Realizar de 5 a 6 refeições por dia;

• Mastigar bem os alimentos;

• Fazer as refeições em ambientes tranquilos;

• Ingerir líquidos ao longo do dia, principalmente nos intervalos das refeições, para manter uma boa hidratação. Dar preferência à água pura;

• Utilizar o mínimo possível de óleo no preparo dos alimentos;

• Dicas para diminuir o colesterol proveniente da alimentação:
– Consumir aves e peixes sem pele, carnes magras, leite e iogurte desnatado ou light, queijos magros (ricota, minas);
– Evitar o consumo de vísceras (fígado, rim, coração, …), creme de leite, nata, maionese (eventualmente, consumir as versões light), biscoitos recheados, biscoitos amanteigados, croissants, folhados;
– Escolher sorvetes de frutas e não os cremosos;
– Não consumir banha, salame italiano, presunto gordo, mortadela, bacon, lingüiça. 

• Evitar alimentos fritos. Preferir alimentos assados, cozidos, refogados;

• Diminuir a quantidade de sal colocada no preparo dos alimentos. Preferir temperos naturais para o preparo dos alimentos;

• As fibras são componentes importantes de uma alimentação saudável, elas melhoram a função intestinal, reduzem os níveis de colesterol e auxiliam no controle da glicemia. Sugestões para aumentar as fibras da dieta:
– Consumir alimentos integrais;
– Saladas cruas;
– Frutas com casca;
– Cozinhar por pouco tempo os vegetais, dê preferência no vapor.

• Evitar o tabagismo;

• Praticar atividade física, regularmente, sob autorização médica e orientação de um educador físico. 

• Evitar os alimentos ricos em açúcares, como doces, balas, refrigerantes, chocolate e guloseimas;

• Evitar alimentos enlatados e embutidos, pois esses alimentos contêm muito sódio, gordura, conservantes;

• Moderar o consumo de bebida alcoólica;

• Ler atentamente o rótulo dos alimentos.

15 de março de 2009 at 01:11 4 comentários


Páginas

março 2009
D S T Q Q S S
    abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031